Data Driven Marketing: como o uso de dados pode otimizar a sua estratégia?
Entenda o que é Data Driven Marketing e saiba por que é importante usá-lo em sua empresa.
Por A2C

Acelere. Colabore. Transforme
Compartilhe:

A transformação digital tem trazido diversas possibilidades para as empresas, que têm cada vez mais ferramentas à disposição para trabalhar a sua comunicação com os clientes e com outras organizações. Em um contexto de tanta inovação tecnológica, usar dados de forma inteligente se torna fundamental para potencializar qualquer estratégia de marketing.

Atualmente, há diversos sistemas capazes de organizar e avaliar dados, fornecendo informações importantes para que as empresas encontrem novas soluções. O Data Driven Marketing é o conceito de ter tanto a estratégia quanto a operação tática do marketing orientada a dados, de formar a facilitar o processo de tomada de decisão e gerar resultado melhores para o negócio.

Quer saber como essa estratégia pode ajudar a sua empresa? A seguir, saiba o que é Data Driven e como usá-lo para otimizar seus esforços de marketing.

 

O que é Data Driven Marketing?

O Data Driven Marketing é uma estratégia que propõe a tomada de decisões a partir da análise de dados sobre os clientes e seu comportamento na internet. A ideia não é apenas reunir uma grande quantidade de dados, mas obter informações de qualidade.

Visitas a páginas virtuais, cliques e cadastros são alguns exemplos de ações dos clientes que ficam registradas. Como você deve ter percebido, a quantidade de informações é muito grande, e não adianta tê-las guardadas e não entender o que elas significam.

Para que esses dados ajudem a criar estratégias mais eficazes, é necessário e contar com um sistema que os organize e crie relatórios objetivos. Assim, é possível compreender quais ações funcionam bem, quais precisam ser ajustadas, prever situações e se preparar para lidar com elas.

Veja como o conceito de agile esta transformando a área de marketing.

 

Por que usar o Data Driven Marketing

Com o auxílio de ferramentas é possível analisar os dados coletados sobre a jornada do cliente de uma empresa. Essa análise permite que a organização consiga conhecer melhor o seu público-alvo e, a partir disso, encontre formas de alcançar apenas as pessoas que estão realmente interessadas nas suas ofertas.

Entenda como segmentar melhor suas campanhas com mídia programática.

Com as informações certas em mãos, os profissionais de marketing conseguem descobrir os principais comportamentos dos consumidores e usá-los para criar campanhas personalizadas. Por exemplo, se o público de uma empresa costuma interagir mais quando encontra vídeos no Instagram, é possível usar esse tipo de conteúdo na estratégia e aumentar as chances de alcançar potenciais clientes. Além disso, uma estratégia que pode ajudar muito na análise de dados das ações de marketing é o teste A/B. Com ele você pode comparar diferentes comportamentos do usuário e fazer os ajustes em sua estratégia.

 

Como usar o Data Driven Marketing

O Data Driven Marketing pode trazer grandes vantagens para as organizações, mas é preciso ter uma estratégia bem definida antes de começar a utilizá-lo. Isso porque, como já mencionado, a quantidade de informações é muito grande e é preciso saber analisá-las da forma correta para ter bons insights e saber por qual direção seguir.

Construa uma comunicação personalizada

É essencial gerar valor para o cliente e a empresa. Com o auxílio de plataformas de automação de marketing digital, que reúnem todos os dados em um mesmo local e os tornam mais compreensíveis, é possível saber como agir e se comunicar com o público de forma mais personalizada, entregando às pessoas os materiais certos nos momentos mais adequados.

Use o Data Driven Marketing para entregar materiais relevantes para pessoas que querem receber esses materiais, pensando em todas as etapas do funil de venda. Dessa forma, é possível deixar os consumidores mais satisfeitos e criar uma conexão mais forte entre eles e a marca, além de ter mais chances de aumentar o seu número de conversões.

Tenha uma boa presença digital

Para potencializar a sua estratégia a partir do uso de dados é importante estar onde os clientes estão. As ferramentas que captam dados e os armazenam na nuvem, também chamadas de Cloud computing, podem ser usadas em canais diversos. Por isso, é importante ter um site, estar nas redes sociais e nos demais espaços em que a sua audiência estiver para coletar os dados sobre ela.

Assim, você poderá descobrir não apenas os canais preferidos pelo seu público, mas o melhor horário para alcançá-lo e as melhores ofertas para oferecer a ele.

A A2C tem parceria com a Zeeng, a primeira plataforma de marketing baseada em big data. Aonde marcas podem monitorar sua presença digital e extrair dados importantes para sua estratégia de data driven marketing.

Entenda como SEO pode potencializar sua presença digital.

Acompanhe os resultados e faça ajustes em sua estratégia

O marketing é uma área que está em constante evolução. Para otimizar tempo e investimentos, porém, é importante acompanhar a evolução dos processos que fazem a gestão de dados. Como novas tecnologias surgem a todo momento, é preciso se atualizar constantemente para manter a competitividade do negócio.

Sempre que for necessário, faça ajustes em sua estratégia. Afinal, a análise de dados tem como objetivo principal ajudar a sua organização a encontrar os melhores caminhos para atuar.

 

Data Driven Marketing na prática: exemplos de empresas orientadas a dados

Para ser uma empresa Data Driven não basta usar Big Data ou algum sistema capaz de coletar e analisar informações. É preciso fazer mudanças na cultura da organização, que deve passar a ter os dados no centro de seu funcionamento.

Há empresas que já nasceram digitais, por isso estão bem à frente das concorrentes. A Netflix é uma delas. Além de ofertar todos os seus conteúdos na própria internet, por meio do serviço de streaming, a empresa usa a tecnologia para coletar dados e entregar aos consumidores o que eles desejam assistir.

A série House of Cards, que ficou bastante famosa entre os espectadores, é um exemplo de produto que foi criado a partir do cruzamento de dados. Sabendo que produções com o ator kevin Spacey e o diretor David Fincher costumavam fazer sucesso, a empresa reuniu os dois em um novo projeto, que tinha uma temática bem popular. O mesmo foi feito com as séries Orange is the new black e Stranger things.

Na era digital, o Data Driven Marketing não é mais uma tendência, mas uma realidade, assim como inteligência artificial e machine learning. Analisar dados é fundamental para facilitar a tomada de decisões e a criação de estratégias de marketing mais eficientes. E mais importante: não basta coletar montes e montes de informações, é preciso saber extrair valor delas.

Conheça o conceito de Brandformance da A2C.

Quer usar essa estratégia em sua empresa e otimizar os seus resultados? Entre em contato com a A2C e saiba como podemos ajudar você!

Compartilhe:

RECEBA
NOVIDADES
DA A2C

E-mail cadastrado! Aguarde nossas novidades.