Brandformance: potencialize o resultado da sua marca
Saiba por que gestão de marca e campanha de performance devem caminhar juntas e comece a usar o brandformance
Por A2C

Acelere. Colabore. Transforme
Compartilhe:

Com o surgimento de novas tecnologias, o ambiente online se torna cada vez mais integrado. Nesse cenário, separar branding e performance não é mais uma boa estratégia. Embora os algoritmos sejam cada vez mais presentes na comunicação, o gerenciamento de marca não pode ser deixado de lado.

Uma marca forte converte mais, o que também melhora a performance. Por isso, unir a análise de dados à construção e ao fortalecimento de marca é uma forma pode trazer mais oportunidades de negócio. Essa união das duas técnicas é o que chamamos de brandofrmance.

Quer saber por que essa estratégia é importante para a sua empresa? Neste artigo, entenda o que é brandformance, por que ele é importante e saiba como aplicá-lo.

 

Brandformance: o que é?

Brandformance significa “marca + performance”. Essa estratégia reúne o branding, que é a construção e o fortalecimento de uma marca, aos esforços para avaliar e melhorar a performance das ações de marketing de uma organização.

É por meio de estratégias de branding que uma marca se torna mais conhecida e positiva na mente dos consumidores. Porém, entender os resultados desse tipo de investimento não é uma tarefa tão simples. Isso porque o branding conta com aspectos mais subjetivos, que são difíceis de mensurar. E é aí que o brandformance começa a ganhar força.

A ideia é que as empresas possam, por meio de métricas e análises, avaliar o retorno do investimento que fazem em campanhas de branding. Assim, poderão conquistar melhores resultados e construir uma marca mais sólida no mercado.

 

Por que as estratégias de brandformance são importantes?

As mídias digitais contam com vários sistemas capazes de coletar e analisar dados, oferecendo informações importantes para alcançar clientes em potencial nos momentos mais adequados e compreender se os investimentos trazem os resultados esperados.

No entanto, apesar de oferecer tantas vantagens, o marketing de performance não deve trabalhar sozinho. As marcas que se concentram apenas no desempenho podem perder oportunidades de alcançar mais visibilidade e se tornar mais fortes e desejadas por seu público-alvo.

Não é à toa que as maiores empresas do mundo usam essa estratégia. É por meio da gestão de marca que os valores e os diferenciais da organização chegam até os consumidores, criando sensações e memórias. A Coca-Cola, por exemplo, tem cores e formatos reconhecidos em todo o mundo, enquanto a Apple tem usuários fiéis, dispostos a pagar valores mais altos que os de mercado para terem os produtos da marca.

Ao mesmo tempo, focar apenas no branding também não é a melhor opção. Além de trabalhar a presença da marca, também é preciso monitorar métricas e avaliar resultados para se manter no caminho certo, em direção aos objetivos da organização. Ou seja, é preciso unir as duas estratégias, usando os dados e sua análise para fazer uma boa gestão de marca.

 

Brandformance na prática: conheça a Senior

A Senior, grande desenvolvedora brasileira de softwares, tinha como objetivo se tornar uma das principais referências em gestão corporativa do Brasil e alavancar as suas vendas de soluções. Com o auxílio da A2C, uma nova marca, uma nova tagline e novas estratégias de comunicação foram criadas em tempo recorde.

Durante o processo, unimos mídia inteligente online e offline, presença e monitoramento das redes sociais, eventos segmentados com conteúdos para clientes e o site da organização, como hub de informações. Como resultado, tivemos um aumento de 53,7% no número de leads, um faturamento 15% maior que o do ano anterior e um aumento de 25% em oportunidades reais de negócio.

Saiba mais sobre a nova marca da Senior.

 

Como fazer brandformance?

Você já sabe que o brandformance é uma forma de atrair consumidores e aumentar o número de vendas. A mensuração dessa estratégia, porém, não é tão simples. Isso porque não basta acompanhar métricas e KPI’s, como o ROI. É preciso integrar branding e performance, analisando o engajamento do público em espaços como redes digitais e os resultados de vendas trazidas pelo marketing digital.

Há sim métricas que podem ser usadas no brandformance, mas desde que sua análise correlacione os números alcançados. Algumas delas são: taxa de cliques e conversões, cadastro de lads, crescimento da audiência, impressões das campanhas (únicas e totais), avaliações feitas pelos consumidores na internet, interações com conteúdos em redes sociais, recompra de produtos e serviços e quantidade de clientes novos.

 

Como funciona o funil de brandformance?

Embora a performance possa ser mensurada com o auxílio dos dados, o valor do branding já não é tão fácil de calcular. Uma forma de equilibrar o uso das duas estratégias é aplicá-las em um modelo de funil. A seguir, conheça as 5 etapas do brandformance.

funil de brandformance

Awareness

A primeira fase é chamada de “awareness”, que significa consciência de marca. Nela, o público começa a ter contato com a marca, por isso a principal preocupação da empresa deve ser se destacar entre as concorrentes e conquistar o consumidor. Nesse momento, o foco é comunicar os valores e ideais da marca antes mesmo de oferecer um produto ou serviço.

Personalização

A personalização é necessária quando já existe algum conhecimento da marca. Ela permite que as mensagens cheguem às pessoas certas no momento certo. Se a marca aparecer para um usuário que não está interessado ou em um momento inadequado, o investimento não terá retorno e pode até prejudicar a imagem da organização.

A automação de marketing pode ser a aliada certa nesse momento. Entenda por que

Consideração

Um usuário em fase de consideração está refletindo sobre uma marca. Essa é a hora certa para incentivá-lo a escolher a sua empresa. Mostre os seu diferenciais, seus valor e explique por que essa é a escolha certa.

Conversão

Para converter o seu público, mostre as qualidades da sua marca, de seus produtos e serviços e faça ofertas que tornem as compras mais atrativas. Foque no que mais chama a atenção do consumidor para convencê-lo a fazer a compra.

Entenda como dados podem ajudar na sua estratégia de marketing.

Fidelização

Mesmo após a venda é importante que a marca continue presente no cotidiano do consumidor. O pós venda é fundamental para fidelizar clientes, então mantenha o contato com o seu público, esteja disponível para responder dúvidas, receber feedbacks e construir um relacionamento duradouro.

 

A transformação digital tem mudado a forma como fazemos marketing. Na rede, tudo está muito mais conectado, por isso já não faz sentido separar performance e branding. Quer começar a usar essa estratégia em sua empresa? A A2C pode ajudar você com consultoria de brandformance e gestão de brandformance. Entre em contato e saiba mais!

Compartilhe:

RECEBA
NOVIDADES
DA A2C

E-mail cadastrado! Aguarde nossas novidades.